Reprodução/Instagram @gloriamariareal

Morre Glória Maria, jornalista que inovou a TV brasileira

A carioca foi a primeira repórter a entrar ao vivo e em cores em 1971

Gloria Maria morre nesta quinta-feira (2), no Hospital Copa Star, na Zona Sul do Rio de Janeiro em decorrência da metástase de um tumor cerebral. 

A jornalista integrava a rede globo desde 1971, onde teve sua primeira aparição ao vivo na cobertura do desabamento do Elevado Paulo de Frontin, no Rio de Janeiro.  Dentre os tantos acontecimentos históricos, Glória  esteve nas Malvinas(1982),  sendo a primeira repórter negra a  cobrir uma guerra. Em 1996 passou a apresentar o Fantástico onde permaneceu até 2007 viajando por vários países. Em 2009 adotou Maria e Laura, estabelecendo uma nova fase da vida.

Em 2019, Glória Maria passou a dividir a apresentação do Globo Repórter com a jornalista Sandra Annenberg.

Na biografia da sua rede social no instagram se apresentava como “Repórter e apresentadora da TV Globo. Mãe da Maria e da Laura” mas para tantas mulheres negras, Glória era história viva, referência como profissional, verdadeira inspiração.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 2 =