Relatório do Instituto Odara revela que 61% das candidatas do estado do Piauí nas eleições de 2022 são pretas e pardas

No dia sete de fevereiro o Instituto Odara lançou o relatório “‘E eu não sou uma mulher?’: Eleição de mulheres, fraudes raciais e racismo contra candidatas negras no Nordeste em 2022”, disponível para download gratuito.

O relatório traz informações socioeconômicas da Região Nordeste entre os meses de novembro e dezembro de 2022. Contudo, o documento trouxe dados sobre número de votos, colocação, autodeclaração de raça a fim de observar as influências dessas características no resultado das eleições.

O Projeto Pretas no Poder: Participação Política, Representatividade e Segurança de Ativistas Negras, com auxilio da Open Society Foundation, pretende incentivar a inserção de mulheres negras na política, em especial, da região nordeste.  

O arquivo está disponível no link:

Mais de 30% das parlamentares eleitas autodeclaradas negras no Nordeste, em 2022, já se declararam brancas em eleições anteriores, aponta relatório do Instituto Odara

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − sete =